Dieta e doenças coronárias: Para quê culpar a gordura?

 

Aqui vai o índice deste livro sempre actual:

TABLE OF CONTENTS

Introduction

1. What’s so different about sugar?

2. I eat it because I like it.

3. Sugar and other carbohydrates.

4. Where sugar comes from.

5. Is brown sugar better that white sugar?

6. Refined and unrefined.

7. Not only sugar is sweet.

8. Who eats sugar, and how much?

9. Words mean what you want them to mean.

10. Sugar’s calories make you thin – they say.

11. How to eat more calories without eating real food.

12. Can you prove it?

13. Coronary thrombosis, the modern epidemic.

14. Eat sugar and see what happens.

15. Too much blood sugar – or too little.

16. A pain in the middle.

17. A host of diseases.

18. Does sugar accelerate the life process – and death too?

19. How does sugar produce its effects?

20. Should sugar be banned?

21. Attack is the best defense

 

Em 1992, o britânico John Yudkin, autor do livro “Pure, White and Deadly”,  escreveu o seguinte:

“We have to conclude that there is no substancial and convincing evidence that dietary fat or colesterol is a cause of CHD (Coronary Heart Disease). However, this conclusion is not the same as saying that we must abandon altogether the view that diet has nothing to do with causing the disease. There is indeed a dietary item other than fat for which ther is now overwhelming evidence of its involvement in production the disease. This item is sucrose (‘sugar’)”

Em Português: Nós concluímos que não existe uma evidência substancial e convicente que a gordura ou colesterol da alimentação (dieta) é a causa das doenças coronárias. No entanto, esta conclusão não significa dizer que devemos abandonar a visão de que a alimentação (dieta) não tem nada a ver com a causa da doença. Existe na realidade um elemento na nossa alimentação (dieta), outro que não a gordura, para o qual temos uma esmagadora evidência que provoca este tipo de doença. E este elemento é o AÇÚCAR.

Desde sempre, o professor Yudkin apontou o dedo ao açúcar como causa das doenças coronárias. Desde sempre inocentou a gordura, mas o lobby do açúcar foi mais forte e mais poderoso. Nos anos 70 os produtores de açúcar nos EUA, contrataram as melhores firmas de relações públicas, financiaram médicos, nutricionistas e outros investigadores para defenderem a açúcar como alimento, quando na realidade o açúcar ou os açúcares devem ser considerados substâncias tóxicas e impróprias para consumo humano.

Fonte: Diet and coronary heart disease: why blame fat?

O açúcar ou mais precisamente os açúcares têm sido a nossa desgraça.

Veja-se na figura abaixo a relação entre o aumento do consumo de açúcar e o aumento da obesidade e diabetes. A relação não está feita com doenças coronárias, mas não é, no entanto desprezível das doenças coronárias terem grande incidência junto dos diabéticos e obesos.