Perguntas e Respostas

1- O que nos faz engordar?

Não são as gorduras. Não são as proteínas. São os hidratos de carbono. Veja nesta página a explicação.

2- Aonde estão os hidratos de carbono?

Nos açucares. Nas farinhas e cereais. No pão. Nos alimentos com amido. Nas batatas e no arroz. Na massa. Na fruta. Nos refrigerantes e sumos, mesmo os naturais. No açúcar do leite e derivados do leite. Em todos os alimentos que tenham adição de açucares, como os bolos, bolachas e biscoitos à cabeça. Não esquecer o álcool.

3- Devemos reduzir as quantidades que comemos para emagrecer?

Devemos unicamente reduzir drasticamente a quantidade de hidratos de carbono. Ao retirar os hidratos devemos substituir os mesmos principalmente por gordura e por proteína também.O nosso corpo não precisa de hidratos para funcionar. A gordura e o metabolismo da gordura pode fornecer energia suficiente, incluindo ao cérebro. Se for necessário glicose (açúcar) o fígado irá produzir a partir da proteína, num processo chamado gluconeogensis.

4- Existe algum limite mínimo diário de hidratos de carbono?

Não. Podemos sobreviver com zero hidratos de carbono. Teremos, no entanto, de re-educar o nosso corpo a funcionar com zero hidratos ou com um valor muito reduzido dos mesmos. O valor de hidratos será muito reduzido porque idealmente devemos comer vegetais (folhas verdes) e estes contem alguns hidratos. A primeira fase da dieta do Atkins prevê 20 gramas de hidratos por dia e podemos viver longos anos sempre na primeira fase ou numa dieta do Paleolítico, na qual a ingestão de hidratos é também reduzida, sendo alguma fruta (pouca) a única fonte dos mesmos. Mas se queremos perder peso segundo a dieta do Paleolítico, então devemos retirar a fruta.

Veja nesta “bíblia” da nutrição o que se diz sobre este tema.

5- A fruta engorda?

Claramente. Se queremos perder peso temos que deixar a fruta. Coma vegetais (vegetais não são legumes, são basicamente folhas verdes) que têm as mesmas vitaminas da fruta e têm muito menos hidratos. Quando chegar ao peso pretendido pode incluir uma fruta ou porção por dia, mas escolha as frutas que têm pouco açúcar. O açúcar na fruta não se determina pelo facto da fruta ser doce ou não, terá que consultar tabelas. A fruta ideal não deverá ter mais de 8 gramas de açúcar por cada 100 gramas de fruta. A fruta para alem de engordar também aumenta o ácido úrico, que por sua vez, reduz o óxido nítrico. Este óxido é um regulador da tensão arterial. Há portanto, indivíduos que têm tensão alta pelo facto de comerem fruta e açúcar. O açúcar comum contem fructose.

6- As GORDURAS são saudáveis?

Claramente. As únicas gorduras más são as margarinas por serem gordura hidrogenada e os óleos vegetais por facilmente se oxidarem e conterem muitos omega-6. Nas gorduras devemos dar prioridade às fontes de omega-3. Portanto, a gordura animal é óptima, a gordura de peixe, o óleo de peixe,  o azeite, o óleo de coco e a manteiga, principalmente se for clarificada (“ghee”). Na manteiga clarificada retiraram-se as proteínas do leite, ficando só gordura.

7- As GORDURAS que comemos fazem aumentar o colesterol?

Não. Quanto menos gordura comermos mais colesterol será feito pelo próprio corpo, no fígado Além disso, ao evitarmos a gordura estaremos as substituí-la por hidratos de carbono, o que será ideal para o próprio fígado fabricar mais colesterol. Ao não ingerirmos gordura o nosso corpo vai interpretar como uma situação de estarmos famintos  e vai passar a fabricar porque faz parte do nosso mecanismo de sobrevivência. São as dietas altas em hidratos de carbono e baixas em gordura que fazem disparar os níveis de colesterol.

8- Os medicamentos para baixar o colesterol são necessários?

Não. As drogas para baixar o colesterol representam 30 bilhões de dólares em vendas anuais e não têm reduzido os casos de ataques cardíacos e AVCs. Em Janeiro de 2009, o jornal “American Heart Journal” reportou que das 137.000 pessoas admitidas em 500 hospitais nos USA com ataques cardíacos perto de 75% tinham o LDL em níveis normais. O colesterol faz parte dos nossos mecanismos de defesa. Se reduzirmos muito o colesterol estaremos também a diminuir a nossa longevidade. O colesterol é o precursor das nossas hormonas. Sem colesterol não há produção de hormonas. Além disso as drogas para baixar o colesterol têm efeitos secundários nefastos. Provocam perda de memória, enfraquecimento dos músculos, incluindo o coração. Ao reduzir a produção de colesterol, reduzem também a produção de “Coenzyme Q10”, essencial para a função cardíaca. O problema dos ataques cardíacos e AVCs está nos processos inflamatórios. São as inflamações constantes, mesmo que a um nível de inflamação baixo. Os açucares estão no topo da lista dos alimentos que promovem a inflamação. Para reduzir o colesterol deve cortar drasticamente nos hidratos de carbono.

9- O nosso cérebro só funciona com glicose (açúcar)?

Não. O nosso cérebro pode funcionar com “ketone bodies” ou corpos cetónicos. Estes são produzidos no fígado a partir do metabolismo da gordura. Alías, alguns orgãos entre os quais o coração e o cérebro têm preferência por esta fonte de energia- os corpos cetónicos.

Veja os trabalhos do Dr. Richard Veech e do Dr. George F. Cahill, Jr.

10- Os corpos cetónicos são transformados em glicose para depois esta ser usada pelas células?

Não. As cetonas entram num passo mais à frente no caminho “path” de geração de energia das células, ou seja, na geração de ATP. As cetonas ou ketonas nunca chegam a ser transformadas em glicose, por isso, entram num passo mais à frente.

11- O leite e derivados do leite são necessários porque fornecem-nos cálcio?

Não. Não é preciso beber leite para ter o cálcio necessário. A eventual falta de cálcio, digo eventual, de ferro, magnésio ou zinco, deve-se à alimentação que fazemos. Esta é feita de forma a perdermos estes minerais essenciais. Essa perda é provocada por fazermos uma alimentação que torna o corpo ácido (os açúcares por exemplo baixam o pH), por comermos cereais (pão, farinha, etc) e legumes que têm ácido fitico “phytic acid”, levando a excreção de “phytates” desses minerais, e ainda porque existem proteínas nos cereais e legumes que danificam o intestino levando à má absorção desses minerais.

5 thoughts on “Perguntas e Respostas

  1. Olá

    Boa tarde,

    tenho 20 anos 1,80 de altura e 120 kls
    foi recomendado a uma dieta de 1.600 calorias dias
    e exercícios frequentemente como caminhada e academia.
    gostaria de saber se essa porção de calorias está correta ?

    • Meu caro,
      Contar calorias só faz passar fome.
      As calorias não são todas iguais.
      Tem que cortar nas calorias que efectivamente fazem engordar, os hidratos de carbono.
      Corte radicalmente nos hidratos de carbono, substitua por gordura saudável.

  2. Informação muito válida, pois tenho uma alimentação livre meia vegetariana pois consumo carnes brancas como lagarto do campo grelhados , temperos só uso azeite . tenho aversão aos aos complementos químicos farmacêuticos ,faço os caminhos de Santiago a pé todos os anos e fora disso deslocp me dê bicicleta para todo o lado. Bebo muito leite de soja ,como muita fruta e vegetais., peixe salmão e cavala atum . muito chocolate de culinária , cereais e muitas vezes como só sopa. Muita água e chás. Rebuçados constantemente de eucalipto com 0% dr tudo inclusive açúcares . Tenho 71 anos fui triatleta e Esgrimista desde os 12 anos até hoje nunca parei fazendo exercícios ao levantar da cama dedicando 1 hora e meia de actividade. . Tenho varizes na perna direita. Sobre saídas hipertensão e colesterol alto . O que poderei fazer para baixar esta situação sem recorrer a medicações mas que não perca força memória e virtude e que continue a ser.o que sou aventureiro viajante e caminheiro pelos anos que vão surgindo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *